Falta de Aumento no Efetivo Policial há mais de 10 anos tem gerado a Sensação de Insegurança

0

Fracasso na administração da segurança pública, coloca o PSDB com a taxa mais baixa de índices de votos para presidente de sua história.

O caos criado pela dobradinha Geraldo Alckmin e José Serra, fez o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, estar na manhã (20-06) em São José dos Campos com o atual governador de São Paulo, Márcio França (PSB), cobrando investimentos na área de segurança pública na cidade.

Ele vai encaminhar ao Palácio dos Bandeirantes manifestos de repúdio de várias entidades em relação a questão da criminalidade. Entre as entidades estão: Diocese de Caraguatatuba, Conselho Municipal dos Pastores, Associação Comercial e Empresarial, Associação de Hotéis e Pousadas, Conselho de Segurança, entre outros.

A falta de estrutura das Polícias Militar e Civil, bem como a falta de aumento no efetivo policial há mais de 10 anos tem gerado a sensação de insegurança na cidade.

“Trouxemos aqui os nossos pedidos como base da PM na Região Sul e maior efetivo policial nas ruas. O Estado precisa dar maior atenção para a cidade. Toda semana temos notícias de crimes, seja de furtos, roubos ou homicídios. E agora um recente caso de latrocínio”, disse o prefeito Aguilar Junior.

A cobrança ao governador foi feita durante os eventos oficiais realizados na cidade de São José dos Campos e contou com a presença dos vereadores Tato Aguilar e Fernando Cuiú.

Em entrevista à imprensa, o governador de São Paulo, Márcio França, disse que a Secretaria de Segurança Pública vai tratar do caso. “Vamos pedir ao secretário que avalie a questão de ações na cidade e no Litoral”.

Ele anunciou que Caraguatatuba deve ser um dos primeiros municípios contemplados com o novo programa do Governo do Estado de São Paulo: o alistamento civil.

“Os jovens que forem dispensados do alistamento militar serão aproveitados neste novo programa e vão atuar junto com as polícias, recebendo uniforme, ajuda de custo e cursos de qualificação. Precisamos dar oportunidade aos jovens, pois os dados apontam que 70% dos crimes estão ligados com a juventude”, disse.

Será agendada na próxima semana uma reunião entre o prefeito Aguilar Junior e o secretário Estadual da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

“Quero receber o prefeito e tratar do assunto com o Comando da Polícia Civil e Militar. Se está preocupando a cidade e a região, temos que agir”, relata Mágino.

Município

Aliado a esses pedidos, o prefeito Aguilar Junior anunciou também investimentos por parte da Prefeitura de Caraguatatuba na área de segurança pública.

A primeira medida foi o aumento de policiais do Programa Atividade Delegada (onde o profissional trabalha em seu horário de folga, mas custeado pela Prefeitura.

Além disso, o prefeito Aguilar Junior já autorizou a compra de mais de 54 câmeras de monitoramento para ajudar na segurança da cidade e ajudar nas 17 já existentes e instaladas no ano passado.

Já está em licitação também a criação do COI (Centro de Operações Integradas), que vai gerenciar o monitoramento de toda a cidade e repassar informações em tempo real às autoridades policiais;

Importante arma contra a criminalidade, a Prefeitura de Caraguatatuba, através da empresa Caraguá Luz, também vai aumentar o seu Parque Luminotécnico. O cronograma prevê até julho a instalação de mais de 6 mil luminárias, melhorando a quantidade de luz e a segurança nos bairros. A expectativa é que até setembro deste ano se tenha 20 mil luminárias LED na cidade.

Por fim, a Prefeitura de Caraguatatuba já iniciou o estudo para a criação da Guarda Civil Municipal, prevendo a quantidade de guardas, faixa etária e concurso público. A ideia é que a corporação seja implantada ano que vem, pois requer inúmeros treinamentos.

“Tudo o que podemos fazer enquanto poder público municipal, com certeza faremos. Mas precisamos também dividir a responsabilidade com o Estado que precisar estruturar as polícias”, finaliza o prefeito.

Publicado em Segurança